FERRAMENTA DE PESQUISA NESTE BLOG

Carregando...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Bênção do Santissimo Sacramento



Bênção do SSmo. Sacramento (Oração a Cristo na Eucaristia)

Como católicos temos o privilégio de participar no oferecimento do sacrifício Eucarístico e na recepção da Santa Comunhão. Mas há muitos outros atos complementares de devoção, que ajudam a estender a presença real de Cristo entre nós.

Exemplo de tal devoção é a Bênção do SSmo. Sacramento.

É promessa de Cristo permanecer conosco para sempre (Mt 28,20). O costume de conservar o SSmo. Sacramento surgiu bem cedo na história da Igreja. (Razão disso foi o bem dos doentes: para que pudesse ser-lhes levada a Comunhão). O povo então começou a se reunir espontaneamente nas igrejas para rezar e adorar na presença mesma de Cristo. Mais tarde, porque a presença de Cristo significava tanto para eles, pediram que a Hóstia lhes fosse exposta num trono, dentro duma custódia (um receptáculo ornamental). Posteriormente ainda, acrescentaram-se orações e cânticos, e o sacerdote abençoava o povo com a Hóstia entronizada na custódia.

A Bênção do SSmo. é um ato de culto muito simples e bem estruturada. Começamos contemplando a presença de Deus no nosso meio. (Passamos a maior parte do tempo tão ocupados em conversas, em cumprir tarefas ou indo e vindo, que Cristo dificilmente consegue uma oportunidade para dizer algo para nós. Contemplação quer dizer Deus "penetrar dentro de nós"). Vem a seguir a bênção sacramental propriamente dita: o sacerdote faz o sinal da cruz sobre nós com a Hóstia encerrada na custódia. Enfim, participamos espontaneamente nas orações de louvor e agradecimento.

É deste modo que se realiza a Bênção. Enquanto a assembléia canta o cântico inicial (um hino eucarístico qualquer), o celebrante retira a Hóstia do tabernáculo, coloca-a na custódia e entroniza-a sobre o altar. Depois ele incensa a Hóstia (ação simbólica que indica nossa fervorosa adoração) e segue-se um período de silenciosa contemplação ou orações comunitárias. A seguir canta-se este hino e recitam-se estas orações:

Tão sublime sacramento
Adoremos neste altar.
Pois o Antigo Testamento,
Deu ao Novo o seu lugar.
Venha a fé, por suplemento,
Os sentidos contemplar.
Ao Eterno Pai cantemos,
E a Jesus, o Salvador;
Ao Espírito exaltemos,
Na Trindade eterno Amor:
Ao Deus Uno e Trino demos
A alegria do louvor. Amém.
Celebrante: Do céu lhes destes o pão (no Tempo Pascal acrescenta-se: Aleluia!).
Assembléia: Que contém todo o sabor (no Tempo Pascal acrescenta-se: Aleluia!).
Celebrante: Oremos: Deus, que neste admirável sacramento, nos deixastes o memorial da vossa Paixão, concedei-nos tal veneração pelos sagrados mistérios do vosso corpo e do vosso sangue, que experimentemos sempre em nós a sua eficácia redentora. Vós, que viveis e reinais pelos séculos dos séculos.
Assembléia: Amém.
Antes do cântico final, todo o povo recita os louvores divinos:
Bendito seja Deus.
Bendito seja seu santo nome.
Bendito seja Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.
Bendito seja o nome de Jesus.
Bendito seja o seu sacratíssimo Coração.
Bendito seja o seu preciosíssimo Sangue.
Bendito seja Jesus no Santíssimo Sacramento do altar.
Bendito seja o Espírito Santo Paráclito.
Bendita seja a grande Mãe de Deus, Maria Santíssima.
Bendita seja a sua Imaculada Conceição.
Bendita seja a sua gloriosa Assunção.
Bendito seja o nome de Maria, Virgem e Mãe.
Bendito seja São José, seu castíssimo Esposo.
Bendito seja Deus nos seus anjos e nos seus santos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...